quarta-feira, 10 de outubro de 2007

O Tempo, o Momento e a Vida

O Tempo, o Momento e a Vida

O Tempo.
O Momento.
A Vida.

Três palavras de simples entendimento para alguns, e muito complexamente interpretada pelos outros.
Posso classificar-me, no grupo "outros".

O Tempo passa corrido.
Quando menos esperamos, algo que parecia estar tão distante e tão confuso, torna-se, repentinamente, muito próximo, muito esclarecido.
Eu não entendo o Tempo!

O Momento é o agora. O presente.
Uma coisa instantânea que se revela naturalmente ao abrir de nossos olhos; no ar que respiramos.
Esse, tem de ser bem aproveitado e curtido, afinal, não sabemos o que seremos amanhã.
Eu não entendo o Momento!

A Vida.
O que posso conceituar sobre a vida...
Emoções. Paixões. Sofrimentos. Alegrias. Lágrimas. P erdão. Saudades. Amor.
Essa, é uma graça que recebemos, e cabe a nós construí-la e realmente vivê-la intensamente,
como se fosse o último Tempo,
o último Momento.
Eu não entendo a Vida!

Definitivamente,
eu não me entendo.

Laura Machado Porto

"ELA SE PARECE COM VC"
Duh


Não lembro claramente a data, mas lembro claramente da minha reação ao ler esse e-mail da Duh.
Lembro principalmente que achei o máximo e quando terminei de ler, lá estava o comentário dela.
Faz tanto tempo que nem sei se você vai lembrar, mas...

Obrigado pelo suporte, pelo carinho e pela amizade.
A Duh, que eu conheci num tempo estranho, num momento novo e numa parte inesquecível vida, eu espero que sempre permaneça minha companheira de filosofia.
Foi ela que me ensinou a subir nos pelos do coelho e olhar o mundo da ponta dos fios.

Obrigado, Duh!